PROFISSÃO DE RISCO – Veigh, LEALL, Kayode, Celo & Nagalli


Composição: Veigh, Leall & Kayode
Produção: Nagalli & Celo
Mixagem e Masterização: Luciano Scarlecio

Direção: Orlando Nascimento e Gustavo Jannuzzi
Edição e Pós Produção: Ga Ferdes
Roteiro: Gustavo Jannuzzi
Fotos: Victor Leite
Styling: Orlando Monjardim, Gustavo Iasbeke, Gustavo Jannuzzi
Produção Executiva: Supernova Ent.
Assist. Produção: Martin Hacket
Jóias: Slatt BR

Uma produção Supernova Ent & Hype Me Up

Letra:

Vendo a cara dessa bitch
Ela quer fumar uma parada maneira
Se perde na neblina
No interior caramelo da Panamera
Querem degustar o sabor desse mel
Mas em hora ruim levantaram da mesa
Descarrego em cima de você
Enquanto você se mantém em modo defesa

Um brinde á todos os meus manos que estão no céu
Eles se foram no corre
Mas sempre fazendo seu papel,
Profissão de Risco
Contagem de notas num quarto de um hotel
Soldado mais raro
Que lucra tão fácil
Baby isso é YSL
Sou o que eles queriam

Carrego essas jóias
Coisas da Givenchy
Não enxergo seu drip, preciso de lente
Sua gangue se passa
Não ando com essa gente
Sua bitch me ouve
Você finge que entende
Desculpa nego
Esse sauce não se vende (x2)

Noite fria, com a mais nova conhecida no carona desse carro
Combina comigo ela tem vaidade
Pele preta, sorriso branco, e o seu batom da cor do meu casaco
E o vestido que ela ta usando, foi ela mesma que fez o design

Diga que eu sou tão super estimado
Faça alusão com o Vinicius Junior
Num cenário tão sujo, um preto tão valorizado

Vi o meu rosto em revista de moda, e do meu maninho no crime news do bairro
Nego, eu frustei por um par de air max
E hoje a Nike me manda o calçado

Diga que hoje eu pareço tão fútil
Eu vejo o futuro, eu sou um visionário
E quantas noites eu tava no estúdio
Enquanto os amigos chamava pro assalto

Eu sei que esses caras não sabem de nada
E querem atrasar um menor dedicado
Deixa que falem que falem que falem
Eu vou colocar essas grifes no armário

Eles querem ser CEO
Só multiplica quem sabe dividir
Eles vem com flow mais ou menos
Eu vou mais ou menos TDE na MTV
Minha cara ela diz “Te vi”
Uma foto ela quis pedir
Foi sequência de “Papum”
Nego ta tudo na cor da pele, esquece,
Nem dá pra distinguir

Entre becks, grifes e vvs
Ela sabe bem o meu endereço
Mil cilindradas, um problemão grave
Ela é um avião em cima de uma nave
No corre das nota
Eu canto, ela conta
Mentiroso ela desmente
Depois desmonta
Manda vim!

Sei que vocês duvidam dos pretos
Sei que cêis duvidam de nois e também sei
Que quanto maior o preconceito
Muito mais alta é minha voz, então respeito
Vendo eles beirando o piripaque
Não paro nem por um decreto
Avisa o filha da puta do Waack
Isso sim é serviço de preto

Um brinde á todos os meus manos que estão no céu
Eles se foram no corre
Mas sempre fazendo seu papel,
Profissão de Risco
Contagem de notas num quarto de um hotel
Soldado mais raro
Que lucra tão fácil
Baby isso é YSL
Sou o que eles queriam

source



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.